ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Duplicação Maceió-Arapiraca evolui com serviços de drenagem concluídos

Asfalto da pista antiga está sendo retirado para dar lugar a uma nova cobertura de pavimento na duplicação Maceió-Arapiraca

A duplicação Maceió-Arapiraca ganhou ritmo intenso nos últimos meses com a redução das chuvas no Estado. O primeiro trecho da obra, que vai da Barra de São Miguel até a BR-101 em São Miguel dos Campos, teve a drenagem concluída e avança com o serviço de terraplanagem.

Os serviços acontecem simultaneamente nos 18 quilômetros da Rodovia AL-220 que estão sendo duplicados nesta etapa. Nessa extensão, 25% da terraplanagem foram concluídos e, assim que os seis primeiros quilômetros do serviço forem terminados, a equipe inicia a pavimentação, o que deve acontecer já no início deste mês.

Além de contemplar a extensão duplicada, o asfalto da pista antiga também será retirado para dar lugar a uma nova cobertura de pavimento. Ainda nesta fase, serão instaladas as barreiras New Jersey, que dividem o centro da pista, e vão garantir mais segurança aos usuários ao evitar que os veículos possam invadir o lado oposto do fluxo.

As chuvas atípicas que caíram em Alagoas este ano fizeram com que a obra ficasse paralisada por 77 dias. Mas, com condições climáticas mais favoráveis no momento, a equipe está trabalhando em períodos mais extensos para garantir a conclusão da obra no menor prazo possível.


É o que conta o superintendente de operações do Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER-AL), Iran Menezes. “Estamos intensificando o horário de trabalho para compensar a perda de tempo que tivemos por causa das chuvas. Em todas as obras do DER e, principalmente na duplicação da AL-220, estamos acelerando ao máximo o cronograma físico da obra”, assegura.


Segunda etapa
Além dos 18,3 quilômetros do primeiro trecho, a duplicação Maceió-Arapiraca contará com mais 63,4 quilômetros na segunda etapa, que vai do município de São Miguel dos Campos até o maior centro econômico do interior do estado. Para execução da última fase, o Governo do Estado já recebeu a licença ambiental do Instituto do Meio Ambiente (IMA).

Com um total de 81,7 quilômetros de extensão e um investimento em torno de R$ 170 milhões, a obra é um marco no desenvolvimento de Alagoas, pois garante redução de custos de transporte e conecta importantes pólos produtivos do estado.



 Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger