ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Grupo Gay cobra reativação de frente de trabalho para segurança do público LGBT

O Grupo Gay de Alagoas cobrou a reativação do Grupo de Trabalho da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que monitoraria os crimes contra a comunidade LGBTI no estado. Após a morte de mais um homossexual na manhã desta quarta-feira (18), os líderes pedem que providências sejam adotadas. 

O corpo de Júnior de Oliveira, de 22 anos, foi encontrado com marcas de pedradas, pauladas e com disparos de arma de fogo. Este é o 16º caso de violência contra homossexuais registrado no estado somente em 2017.  

De acordo com o presidente do Grupo Gay de Alagoas, Nildo Correia, em 2016, foram 334 homossexuais vítimas de violência no Brasil, sendo 21 em Alagoas. Este ano, o número de vítimas já chega a 320 no país, sendo 16 em Alagoas.  

"Nós do movimento LGBTI estamos cobrando da Secretaria de Segurança Pública a reativação do Grupo de Trabalho da SSP, que servia para monitorar esses assassinatos e cobrar dos delegados responsáveis pelas investigações os resultados do caso. Nós já encaminhamos diversas vezes um ofício para o secretário pedindo a reativação do programa, mas até agora não obtivemos resposta", explicou o presidente.  

Ainda segundo Nildo, essas mortes só reforçam a necessidade de políticas mais eficientes voltadas ao público LGBTI. Segundo ele, é necessário investir mais em segurança para que eles possam andar livremente pelas ruas sem correr risco de serem vítimas de violência.  

GazetaWeb.com
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger