ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Educação publica edital para banco de dados de professores temporários

   (Crédito: Reprodução/Agência Alagoas)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publicou, nessa terça-feira (19), o edital da Seleção Pública Simplificada para a composição de bancos de dados de instrutores de educação profissional para atuarem como professor bolsistas temporários, nas escolas estaduais, pelo MedioTec, que faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Os postulantes às vagas podem se inscrever apenas em um curso, bem como para uma das 13 Gerências Regionais de Educação (Geres). Uma vez efetivada, não será permitida alterações na inscrição.
Para conferir o edital completo, disponível entre as páginas 6 e 26 do Diário Oficial do Estado (DOE), clique no link https://goo.gl/L7pK3y. O material também está disponível no site do Sistema de Gestão da Educação Profissional (Sigepro), no endereço eletrônico http://www.sigepro.educacao.al.gov.br/selecao/.
A seleção tem como objetivo compor o banco de dados dos instrutores de educação profissional para executarem atividades como o planejamento de aulas didáticas, desenvolver projetos integradores, adequar a metodologia à ementa do componente curricular, propiciar um espaço de acolhimento e debate com os estudantes, entre outros. Caso o professor bolsista temporário afaste-se das suas atribuições, ele terá o cancelamento da bolsa.
Os cursos contemplam diversos municípios de Alagoas, levando a iniciativa para todas as regiões do Estado. Entre as formações técnicas que ofertam vagas estão informática, multimídia, instrução musical, produção de áudio, vídeo e muitos outros.
Deficiência
Os candidatos que se consideram portadores de algum tipo de deficiência, de acordo com as categorias discriminadas no artigo 4º do Decreto Federal nº 3.298/99, que participarão do processo seletivo, terão o seu direito assegurado.
​Para que isto aconteça, é preciso que, durante o ato de inscrição, ele declare a condição e especifique a sua deficiência. São 6% das vagas to total de vagas ofertadas, ou das que forem criadas durante o prazo de validade, reservada aos candidatos.
Quando convocado deverá apresentar uma declaração que informe sua deficiência, anexando laudo médico original ou cópia autenticada, em cartório, expedido no prazo máximo de 12 meses, antes do término das inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), bem como a provável causa da deficiência, contendo a assinatura e o carimbo com o número do CRM do médico responsável por sua emissão.
Avaliação
Os candidatos serão avaliados por diversas especificações que somarão nota no certame. Entre as discriminações estão a titulação (acadêmica ou tecnológica) e experiência profissional. Todos os fatos declarados devem estar acompanhados dos documentos comprobatórios.
Nos casos de empate, a comissão avaliadora tomará como critério de desempate os seguintes pontos: 1º) maior idade cronológica; 2º) maior pontuação na experiência.

Fonte: TNH1
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger