ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Governo potencializa melhorias no Hospital Geral do Estado

Governo de Alagoas garante transformações, tanto na estrutura física, quanto no corpo funcional da unidade hospitalar

Para melhorar o atendimento e, ao mesmo tempo, aperfeiçoar o serviço do Hospital Geral do Estado (HGE), o Governo de Alagoas garante transformações, tanto na estrutura física, quanto no corpo funcional da unidade hospitalar. Com essa meta é que, desde o início do ano, foram feitas manutenções corretivas e preventivas na estrutura, atendendo as necessidades e segurança de pacientes e funcionários.

Entre as benfeitorias realizadas no HGE, destaque para a instalação de 35 condicionadores de ar, a substituição de 80% das telhas e o reparo em todas as calhas de concreto e zinco, eliminando os problemas de infiltrações. Também foram substituídas as claraboias, a fim de proporcionar ventilação e luminosidade aos ambientes, criando lugares inovadores, funcionais e dinâmicos. 

Além disso, o teto e as paredes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica, Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), Descanso de Enfermeiras e Centro Cirúrgico do CTQ (Centro de Tratamento de Queimados) receberam uma atenção especial. Para isso, foram realizadas mudanças em parte do forro de gesso, revisão das instalações elétricas, pinturas, bem como o melhoramento nos banheiros das diversas alas, com troca de louças sanitárias, pontos de água, substituição de torneiras, engates e caixas acopladas. 

“Com esses pequenos reparos estamos conseguindo atender os pacientes com mais conforto, principalmente aqueles que permanecem por muito tempo internados. E da mesma forma trabalhamos para oferecer um ambiente de trabalho melhor para os funcionários”, avaliou Sidney Miranda, gerente de Serviços Gerais da Sesau. 

Como se não bastasse, o HGE ainda recebeu duas ambulâncias para o Serviço Estadual de Transporte Sanitário (Sets). Elas são equipadas com o que há de mais moderno no mercado, o que trouxe mais qualidade no atendimento e tem suprido a necessidade dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) da capital. 

Tomografia e Hemodiálise

A unidade hospitalar também passou a contar com o tomógrafo mais moderno e que está presente em apenas quatro unidades hospitalares do Nordeste. Com 128 canais, são realizados, aproximadamente, 1.800 exames ao longo de um mês, 40% deles da região da cabeça (crânio), principalmente de pacientes da área de trauma.

E o Serviço de Hemodiálise no HGE ganhou também o reforço de oito novas máquinas, sendo quatro de diálise e quatro de osmose. Com isso, o que antes era oferecido por um único par de aparelhos, que só funcionam juntos, a no máximo três doentes renais por dia, agora passa a ser oferecido a até 12, sem a necessidade de deslocamento para hospitais contratualizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Novos Computadores

Ao todo, 150 novos computadores e impressoras de grande porte, dotadas de scanners integrados, irão garantir a eficiência, a qualidade e o conforto dos serviços que são prestados aos usuários. Além disso, serão implantados Sistemas de Gestão Hospitalar e de Logística de Medicamentos, que trarão benefícios como o acompanhamento ao paciente em prontuário eletrônico, com anotações dos profissionais da área assistencial e médica, gestão de farmácia e indicadores diversos do atendimento e do ambiente hospitalar para utilização em ensino e pesquisa. 

“Os sistemas implantados nos computadores permitirão maior controle sobre os procedimentos, insumos e medicamentos, além de diminuir o tempo de tramitação de documentos entre as áreas. Informações fundamentais para atender melhor à população, desde prescrições médicas plenamente legíveis, feitas em computador, até dados que auxiliarão na redução de tempo de espera por atendimento”, destacou Celyrio Adamastor Neto, gerente executivo de Tecnologia da Informação da Sesau. 

Modernização

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, o pacote tecnológico que o HGE receberá, até o fim deste ano, será um instrumento para aprimorar a modernização da unidade hospitalar, bem como um incentivo ao trabalho dos servidores abnegados, que se dedicam diariamente a levar mais saúde, qualidade de vida e alertar a população de doenças até então desconhecidas.  

“Por mais que um ambiente hospitalar esteja equipado com o que há de melhor no mercado, é necessário que as operações sejam feitas de maneira meticulosa. Nós estamos trabalhando com perspectiva de resultados e, para obtê-los, precisamos de infraestrutura, equipamentos e de pessoas”, pontuou. “Se melhorarmos um desses pontos, como é o caso do pacote tecnológico, que estamos fazendo agora na área de digitalização, teremos um desenvolvimento significativo dos indicadores da assistência do paciente”, evidenciou.


Agência Alagoas

 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger