ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

sábado, 17 de junho de 2017

Polícia prende falso médico que atuava em diversos hospitais de Alagoas

Hospital de São Luís do Quitunde, onde o falso médico foi preso em flagrante   (Crédito: Reprodução/ TV Pajuçara)

Após uma denúncia anônima, o estudante alagoano de medicina, Bruno Balbino Macena, foi preso em flagrante, nesta sexta-feira (16), por atuar como falso médico em diversos hospitais de Alagoas. No momento da prisão, Bruno estava dando plantão no Hospital de São Luís Do Quitunde, Litoral Norte de Alagoas.

O estudante, que recentemente completou 22 anos, trabalhava há pelo menos um mês no hospital da cidade e já atuou como médico em unidades de saúde de outros municípios alagoanos como Paulo Jacinto, Viçosa e até em hospitais particulares de Maceió.

Ao ser abordado pelo repórter da TV Pajuçara, Lucas Malafaia, o acusado preferiu usar o direito de silêncio, mas admitiu à polícia e ao Conselho Regional de Medicina de Alagoas (CRM/AL), ter falsificado o registro profissional.

A diretora médica do Hospital de São Luís do Quitunde, Cecília Coutinho, disse não ter desconfiado de nada.

Para conseguir emprego, Bruno dizia ter se formado médico em Minas Gerais, mas ao ser preso, confessou que ainda está cursando o segundo ano de medicina na Universidade Federal de Alagoas (Ufal)

O presidente do CRM/AL, Fernando Pedrosa, explicou que os estudantes do segundo ano de medicina, ainda não viram praticamente nada de relevante para que possam, sequer, atuar com vigor como estagiários em alguma instituição.

Uma das pacientes do falso médico, a dona de casa Maria dos Santos, disse estar revoltada e querer justiça. “Ele quer é matar o povo. Tem que ser preso e não pode voltar para São Luís do Quitunde”.

Bruno Balbino está detido na Delegacia Regional de Matriz de Camaragibe, onde foi autuado por exercício ilegal da medicina e por falsificação de documento, podendo pegar até sete anos de prisão, caso seja condenado.

O crime contra a saúde pública também poderá ser enquadrado no processo do falso médico e, se ficar comprovado através dos receituários e prontuários médicos, que Bruno prescrevia medicamentos aos pacientes, a pena pode aumentar.

O repórter da TV Pajuçara, Lucas Malafaia, acompanhou com exclusividade o caso que será exibido na reportagem completa, hoje à noite, transmitida pelo Pajuçara Noite.



 TNH1
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger