ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Ministro da Educação libera R$ 18 milhões para recuperar escolas em Alagoas

O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), anunciou, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (8), na sede do Palácio República dos Palmares, em Maceió, a liberação de R$ 18 milhões em recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a recuperação das escolas estaduais e municipais danificadas pelas fortes chuvas em Alagoas. Na oportunidade, o ministro garantiu que o governo federal vai acompanhar a alocação dos recursos, sendo possível que outros investimentos venham a ser realizados, a depender da necessidade de cada região. 
De acordo com Mendonça, os recursos que o governo do estado e as prefeituras vão receber devem ser destinados à execução de reparos e reformas em 13 escolas estaduais distribuídas nos 27 municípios que tiveram a situação de emergência reconhecida pela União. Durante a entrevista, ele explicou também que os investimentos devem seguir o modelo adotado pelo MEC no Plano de Ações Articuladas (PAR), a fim de garantir que os recursos sejam aplicados de forma mais célere.
"cada prefeitura deverá apresentar ao FNDE os projetos técnicos necessários à liberação dos recursos para a reconstrução das escolas. Este é o caminho mais rápido para que os reparos sejam efetuados, prejudicando minimamente os alunos que tiveram as aulas paralisadas ou suspensas. Nosso objetivo é assegurar um trâmite rápido, com a maior agilidade possível", expôs.
Após o anúncio dos recursos no Palácio Repúblico dos Palmares, o governador Renan Filho (PMDB), que também participou da solenidade, explicou que o Estado vai acompanhar de perto as ações que serão desenvolvidas pelo ministério. O peemedebista também comentou a suspeita de "inflacionamento" do número de desabrigados e desalojados após as chuvas em Alagoas - após revisão, o quantitativo caiu de 39 mil para pouco mais de 1.300.
Ao lado de ministro, Renan Filho assina convênio com o MEC
FOTO: RAFAEL MAYNART





















"Nenhum real do dinheiro enviado pelo governo federal chegou a ser utilizado. Não precisa celeuma. É necessário, sim, combater a malversação dos recursos públicos. O número inicial de 39 mil foi drasticamente reduzido após as atualizações. Este é um processo natural diante de um cenário de tragédia. Muitas pessoas que estavam em áreas de risco saíram das residências e, desta forma, vidas foram preservadas em virtude do volume das chuvas", frisou. 


Pressionado pelos jornalistas sobre a inesperada queda no número de desabrigados, o governador Renan Filho fez uma ponderação. Para ele, apesar da suspeita, "é preciso que se atente, prioritariamente, para a necessidade das pessoas que foram vítimas das chuvas e que aguardam a ajuda do Estado". "É fundamental que se fiscalize estas ações, mas sem penalizar o cidadão que sofreu com as chuvas e que tudo perdeu, ficando desabrigado", colocou. 

GazetaWeb.com
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger