ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Alagoas terá Hospital de Campanha para atender vítimas das enchentes

Local escolhido para instalação do Hospital de Campanha  fica a 20 km do Centro de Marechal e Pilar, e a 30 km do Centro de Atalaia

Graças à parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, o Hospital de Campanha do Exército será instalado entre Marechal Deodoro e Pilar,  com fácil acesso à cidade de Atalaia, municípios mais castigados pelas chuvas nos últimos dias.

A estrutura móvel que vai atender as vítimas da enchente será montada no início da próxima semana, no Polo Industrial de Marechal Deodoro, na antiga fábrica Jaraguá.

O local escolhido para estruturar os 10 módulos do Hospital de Campanha, que estão sendo deslocados de Recife, em Pernambuco, fica distante cerca de 20 km do Centro de Marechal e Pilar, e a 30 km do Centro da cidade de Atalaia.


O secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira,  exalta a importância da parceria firmada com o Exército Brasileiro, neste momento de dificuldade que os alagoanos estão enfrentando, em especial nos serviços de saúde.

“Estamos fazendo uma força-tarefa, com os governos estadual, federal e municipal trabalhando unidos para que todas as pessoas que necessitem dos serviços de saúde sejam atendidas. E o Hospital de Campanha do Exército irá nos dar esse suporte durante esse período pós-chuva, onde as doenças de veiculação hídrica começam a surgir”, destaca Christian Teixeira.


De acordo com o tenente-coronel do Exército Brasileiro, Carlo Endrigo Nunes, o hospital possui uma área total de 900 m², com uma capacidade de abrigar até 24 leitos de enfermaria, garantindo a assistência à população dos três municípios. “Nós estamos deslocando uma equipe com 36 profissionais, sendo seis médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e farmacêuticos, para atender principalmente os casos de diarreia aguda, leptospirose, hepatite A e as infecções respiratórias nos idosos”, salientou.

“O Hospital de Campanha ficará instalado em Alagoas até quando as equipes de saúde dos municípios consigam se reestruturar e reestabelecer as condições normais dos atendimentos à população”, finalizou Carlo Endrigo Nunes.

Para agilizar e tornar o trabalho do Hospital de Campanha mais efetivo, será feita uma triagem pelos profissionais da Atenção Básica em cada município. Com isso, os casos considerados mais graves serão direcionados até a unidade montada pelo Exército.

Os pacientes que forem atendidos na estrutura modular do Exército e necessitarem de um internamento mais longo poderão ser encaminhados para os leitos do Hospital Geral do Estado (HGE) ou do Hospital Escola Hélvio Auto (HEHA), nos casos de doenças infectocontagiosas.

Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger