ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

sábado, 27 de maio de 2017

Chuvas: interior tem oito vítimas sem gravidade e 12 municípios com ocorrências


O Governo de Alagoas divulgou, no início da tarde deste sábado (27), um balanço das ocorrências registradas no Estado entre a sexta-feira (26) e hoje. Ao todo, 12 municípios, fora Maceió, tiveram problemas ligados às fortes chuvas que caem desde o início da semana, somando oito vítimas sem gravidade.
Uma das situações mais graves é a de Marechal Deodoro, onde o nível da lagoa teve um grande aumento, levando à inundação de diversas áreas. Entre 150 e 300 pessoas estão desabrigadas. Na sexta, uma parte delas foi levada para a feira municipal e realocada nos locais de venda de produtos.
Já Arapiraca teve uma colisão entre um carro e uma moto e uma queda de motocicleta causadas pela pouca visibilidade. Uma pessoa também caiu da própria altura e os três casos foram encaminhadas para a Unidade de Emergência do Agreste. Ainda na cidade, uma árvore precisou ser cortada para que não apresentasse riscos.
Em União dos Palmares, um automóvel invadiu uma residência, deixando um ferido com fratura no fêmur. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). As chuvas também levaram ao corte de 25 árvores ao longo da BR-101 com o intuito de evitar acidentes.
No Litoral Norte, houve um deslizamento de terra sobre um carro, em Japaratinga. O motorista não teve escoriações. Já em Maragogi foram registrados a queda de uma árvore, atingindo uma casa, mas sem vítimas, e o risco de desabamento de uma barreira no bairro Cadinho. O local está sendo monitorado pelo Corpo de Bombeiros. 
Outra ocorrência recebida pela Sala de Monitoramento foi de Palmeira dos Índios, onde uma pessoa caiu em uma cisterna. Até o envio do relatório, o socorro ainda estava em andamento. Santana do Ipanema também teve duas situações, com a queda de uma árvore e uma vítima de mau súbito.
Em Cajueiro, uma pessoa ficou ilhada devido às águas, mas a própria população prestou socorro, enquanto em Penedo duas residências foram alagadas, causando danos materiais. O balanço também traz um deslizamento em Feliz Deserto, sem dados, e um rompimento de barragem em Igreja Nova.
O risco de transbordo de uma barragem foi registrado ainda no município de Pindoba. O caso está sendo monitorado, assim como o risco iminente do Rio Jacuípe, discutido em reunião entre os órgãos responsáveis.
Maceió
Deslizamentos deixaram quatro vítimas na capital alagoana
FOTO: CORTESIA
Na capital alagoana, foram computados, apenas neste sábado (27), quatro deslizamentos, ocorridos na Grota do Santo Amaro, no Novo Mundo, no Vale do Reginaldo e no Centro. O primeiro deles deixou dois mortos e quatro pessoas ainda desaparecidas.
Já no Reginaldo, 17 pessoas, de seis famílias, estão desabrigadas aguardando a chegada da Defesa Civil. O local foi isolado. Desde sexta-feira, foram atendidas 33 vítimas, com a confirmação de quatro óbitos, sendo os outros dois na Chã da Jaqueira e na Grota do Pau D'Arco. 
Ainda neste sábado, uma residência no Pinheiro pegou fogo, sem deixar vítimas. Já na feirinha do Tabuleiro uma pessoa caiu de uma lage e precisou ser socorrida ao Hospital Geral do Estado (HGE), enquanto na Serraria uma queda de moto deixou um ferido, que foi levado para a UPA do Benedito Bentes.


GazetaWeb.com
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger