ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Delmiro Gouveia e mais quatro municípios implantarão Serviço de Atendimento Domiciliar em AL


Cajueiro, Capela, Mar Vermelho, Delmiro Gouveia e Matriz do Camaragibe contarão com equipes multidisciplinares para atender pacientes acamados em casa


Mais cinco municípios alagoanos irão implantar o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), conforme autorização do Ministério da Saúde (MS). Cajueiro, Capela, Mar Vermelho, Delmiro Gouveia e Matriz do Camaragibe passarão a contar com equipes multidisciplinares para atender pacientes acamados em suas residências, evitando a internação hospitalar.

Atualmente, o serviço já está funcionando em Atalaia, Arapiraca, Campo Alegre, Girau do Ponciano, Junqueiro, Maceió, Marechal Deodoro, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos, Teotônio Vilela, União dos Palmares e Viçosa. Com isso, serão 18 municípios alagoanos a oferecer o serviço que, segundo a técnica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Aline Mota, irá proporcionar mais qualidade de vida para os pacientes acamados.

“O SAD é complementar à internação hospitalar e ao atendimento ambulatorial, com foco na assistência humanizada e integração às Redes de Atenção à Saúde, disponíveis na rede pública. Isso porque, conseguimos reduzir de 20 a 30 vezes o número de internações nos hospitais, o que é de fundamental importância para garantir um atendimento humanizado a toda a população alagoana”, explicou Aline Mota.


Conforme a técnica da Sesau, pessoas com necessidade de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos sem agravamento, em situação pós-cirúrgica, podem ser cuidados pelo SAD. Para receber o benefício, o paciente deverá comparecer até a Unidade Básica de Saúde mais próxima e passar por uma avaliação com a equipe da Estratégica Saúde da Família.

Os profissionais de saúde ou ‘cuidadores’ do SAD são organizados em Equipe Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (Emad) e Equipes Multiprofissionais de Apoio (Emap). Cada Emad, segundo Aline Mota, atende, em média, a uma população de 60 habitantes e, também, pode contar com o auxílio de profissionais que atuam no Programa Saúde da Família (PSF).

“As Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar fazem visitas regulares às residências dos pacientes. Elas são compostas por médico, enfermeiro, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social e técnico de enfermagem, a depender do estado de saúde do paciente”, ressaltou a técnica da Sesau.

As Emads atuam durante a semana e também aos sábados e domingos, em regime de plantão. Os equipamentos e materiais necessários para o trabalho das equipes deverão ser garantidos pelas unidades de saúde do respectivo município aos quais as Emads estão vinculadas.

Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger