ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Casal vai investir R$ 10 milhões em Arapiraca em 2017

Texto de Francisco Alves

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) vai investir R$ 10 milhões na melhoria do sistema de abastecimento de água de Arapiraca, em 2017. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (22), pelo presidente da empresa, Clécio Falcão, durante audiência pública na Câmara de Vereadores de Arapiraca.

O investimento, que representa 10% do montante de R$ 100 milhões que a Casal e o Governo pretendem aplicar em todo o Estado no decorrer deste ano, será utilizado em substituição e ampliação de redes de distribuição de água, incremento do serviço de reparo de vazamentos e melhoria do atendimento em geral à população da cidade. Os recursos, de acordo com Clécio Falcão, estão previstos no Plano de Investimentos da Casal para 2017.

Independentemente desse plano, a Companhia, juntamente com a sua parceira CAB Águas do Agreste, está adotando um conjunto de medidas para enfrentar a escassez hídrica na região causada pela falta de chuva e pela redução da vazão do rio São Francisco, onde a Casal possui duas estações de captação somente para abastecer o Agreste.

Entre as medidas está a implantação de dois flutuantes na captação de Traipu, para injetar água no poço de sucção da estação, elevando a vazão do bombeamento de 475m³/h para 700m³/h. Atualmente, a captação opera com 50% de sua capacidade, devido à redução de vazão do rio, que passou de 1.300m³/s em 2013 para 700m³/s em 2017. O serviço que já está em execução.

Também estão previstas a adequação do barrilete dos reservatórios de distribuição da estação de tratamento de água (ETA) de Arapiraca, com o objetivo de melhorar a vazão e a pressão na rede de abastecimento da cidade; dragagem do canal de aproximação com a estação de captação de Traipu e instalação de dois novos flutuantes na captação, com o objetivo de atingir a produção de 1.200m³/h de água; e ampliação da capacidade de produção e tratamento do Sistema Coletivo Antigo do Agreste, a fim de elevar a produção de água de 1.880m³/h para 2.250m³/h.

Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger