ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Novembro Azul fomenta cuidados para a saúde do homem

Nos últimos anos o brasileiro passou a viver mais e, com esse aumento da expectativa de longevidade, a saúde e a qualidade de vida passaram a ser uma prioridade. Mesmo assim, os homens ainda negligenciam os cuidados que devem adotar e, muitos, não se preocupam em fazer exames de rotina que são necessários. E, para lembrar que com saúde não se brinca, novembro se veste de azul em sinal de alerta.

Ao contrário das mulheres que sempre procuram atendimento médico, os homens, muitas vezes, só procuram um profissional quando sentem algum tipo de desconforto e, geralmente, são sinais que já vinham sendo ignorados. Esse é o caso do servidor público, Marcos Henrique Oliveira, 46 anos, que após uma paralisia facial, passou a cuidar mais da sua saúde.

Antes eu só procurava o médico quando estava doente, mas depois que tive paralisia facial percebi que não posso mais deixar de me cuidar. Então anualmente faço exames de rotina e passei também a me preocupar com a próstata, em função dos casos de câncer que são registrados todos os anos. Hoje, mudei meu modo de pensar e aconselho aos homens a não se descuidarem”, disse Marcos Henrique.

Aos 73 anos, o aposentado Amaro Mendonça sempre teve cuidado com a saúde, procurando fazer exames todos os anos. E, numa ida dessas ao médico, descobriu que estava com problema na próstata e deveria se submeter a uma cirurgia. O procedimento aconteceu no início deste ano e foi considerado bem-sucedido, fato que aliviou toda família, que estava ansiosa em relação ao resultado.

Para o aposentado, o homem não deve negligenciar, deixando para procurar um serviço de saúde somente quando estiver doente, porque o resultado pode não ser satisfatório. “É importante que todos procurem um médico, tanto adultos como os mais jovens, porque uma doença identificada no início tem mais chance de cura”,afirmou.

O homem devido à cultura e a forma como foram ou são criados, ainda alimentam o mito de ser forte o tempo todo. E muitos deixam de procurar assistência médica, fazendo somente quando são estimulados pelas esposas, enquanto outros só se atentam para necessidade da prevenção, quando acometidos por alguma doença.

Em 2009, diante desse quadro, o Ministério da Saúde instituiu a Política Nacional de Atenção integral à Saúde do Homem, voltadas para promoção de ações de saúde para que todos fiquem atentos e compreendam que é necessário buscar os serviços que são disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Os homens ainda vivem 7,2 anos a menos que as mulheres e entre as doenças que mais matam estão as cardiovasculares e infartos, além das prematuras provocadas pela violência e acidente de trânsito.

Os homens com mais de 50 anos, devem prestar atenção em alguns sintomas que anunciam problemas na próstata, entre elas, dificuldade de urinar, jato urinário fraco ou sensação de esvaziamento incompleto da bexiga. Nesse caso, é fundamental investigar, porque como pode ser apenas uma infecção urinária, há a chance também de ser o sinal de um câncer de próstata, que é o segundo mais comum entre o sexo masculino.


A adoção de hábitos saudáveis é fundamental para assegurar a qualidade de vida, entre eles uma alimentação balanceada aliada a exercícios físicos. No dia a dia, alguns alimentos não devem permanecer na dieta diária, como produto gorduroso e ultraprocessado, o ideal é fazer uso de legumes, verduras, peixe e outros. E, ainda, moderar no consumo de bebida alcoólica.

Junto com a alimentação, os homens devem ficar atentos aos sinais do corpo e sempre que possível aferir a pressão arterial, acompanhar a taxa de colesterol, que evitam doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Além dos testes que detectam doenças sexualmente transmissíveis, como HIV e hepatite.


Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger