ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Bancários devem encerrar greve hoje após acordo com Federação dos Bancos

Membros do Comando Nacional dos Bancários sugerem aos sindicatos do Brasil inteiro que aceitem a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerrem a greve da categoria que já dura um mês. A orientação é que o expediente volte nas agências já nesta sexta-feira (7). A negociação aconteceu em São Paulo, na noite dessa quarta-feira (05). O acordo ainda deverá ser referendado em assembleias realizadas pelos sindicatos nos seus respectivos estados. Em Alagoas, a assembleia será no começo da noite dessa quinta-feira, conforme previsão dos sindicalistas.

Os bancos anunciaram aos trabalhadores que vão conceder 8% de reajuste salarial para 2016. Nesta proposta, está adicionado o abono de R$ 3,5 mil, a ser pago em até 10 dias após a assinatura do acordo. Também está assegurado que o programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) terá aumento com base nos índices acordados.

O vale alimentação terá aumento de 15%, o valor do vale alimentação vai ser acrescido em 10% e o auxílio creche-babá subirá mais 10%.

Para contemplar outra parcela dos bancários, a Fenaban apresentou a ideia de concessão de licença paternidade de 20 dias e prometeu o emprego do centro de realocação e requalificação.

Visando a negociação salarial do ano que vem, a direção dos bancos prevê reajuste nos vencimentos com base no Índice Nacional de Preço ao Consumidor (reposição da inflação) mais 1% de aumento real incidido diretamente nos salários dos trabalhadores e em todas as verbas (no caso, as gratificações).

Quanto aos dias parados devido à paralisação, a Fenaban pediu que todos deveriam ser compensados, sem o prazo limite.

As especificidades dos bancários do Banco do Brasil e da Caixa também foram discutidas, ficando de fora, apenas, os que trabalham no Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que, costumeiramente, são chamados para uma negociação somente após as demais bandeiras.

Reivindicações

O presidente do Sindicato dos Bancários de Alagoas, Jairo França, era o representante do Estado no Comando Nacional dos Bancários ontem à noite. Na assembleia desta quinta, a proposta será submetida à categoria. Também serão definidas as estratégias para retorno ao trabalho provavelmente nesta sexta-feira.

Os bancários queriam a reposição da inflação do período, mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), PRL de três salários, mais R$ R$ 8.317, além de reivindicações, como condições de trabalho nas agências.

A Fenaban fez dez rodadas de negociações e sempre fez ajustes na proposta, já que os bancários rejeitavam todas elas.

Em três semanas de paralisação, os bancários conseguiram fechar 13.420 agências e 33 centros administrativos no Brasil inteiro, representando 57% do total. Em Alagoas, 215 agências permaneceram fechadas devido à paralisação. Em Maceió, 88 bancos não estavam fazendo atendimento ao público, causando alguns transtornos.  



GazetaWeb.com

 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger