ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Abstenção cresce no 2º turno destas eleições e fica em 21,6%

Mais de 7 milhões de eleitores não compareceram às urnas para votar no segundo turno das eleições municipais em todo o país, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Isso representa 21,6% do total de eleitores aptos para votar. Como 100% das urnas ainda não foram apuradas, o percentual pode sofrer uma pequena alteração. Em 2012, o percentual do segundo turno foi menor, de 19,11%. 

Neste domingo (30), mais de 25,7 milhões de eleitores foram às urnas para definir um prefeito em 57 cidades do país. Entre essas cidades - em que nenhum dos candidatos obteve mais da metade dos votos válidos no primeiro turno - estão 18 capitais. São elas: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Macapá, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro, São Luís e Vitória. 

Primeiro turno

No primeiro turno das eleições, o percentual de abstenção foi de 17,58%, o que totalizou mais de 25 milhões de eleitores. O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, considerou normal o percentual, apesar de o número ter sido superior aos pleitos municipais de 2012 e de 2008.

"Agora, tivemos uma abstenção de 17,5%, um índice relativamente baixo se levarmos em conta as eleições de 2014 [para presidente e governador], quando tivemos quase 20% de abstenção. Um pouco maior esse índice, todavia, em relação a 2012, quando tivemos abstenção de 16,41%", afirmou na época. 


Por G1

 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger