ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Nutricionistas do HGE ensinam receitas para manter a saúde física e mental


Através de uma alimentação saudável, rica em nutrientes, é possível evitar doenças e ter uma maior qualidade de vida. O chamamento à saúde foi dado em palestra realizada no Hospital Geral do Estado (HGE) e uniu as dicas de profissionais à praticidade de receitas básicas.

A iniciativa faz parte do projeto Saúde no Prato: alimente esta ideia, da Seção de Qualidade de Vida do Trabalhador e visa mudanças nos hábitos alimentares em busca de uma vida mais saudável por parte dos profissionais.

Na ocasião, a nutricionista Graça Cavalcante e os acadêmicos de nutrição da Universidade Tiradentes (Unit) Camilla Buldrini, Diego Tenório e Karoline Valdevino ressaltaram a relevância de seguir hábitos alimentares. Karoline lembrou que doenças como o câncer, artrite, osteoporose, anemia, hipertensão, diabetes, hipotireoidismo, além da obesidade, catarata e diversos tipos de distúrbios hormonais podem ser evitados com uma alimentação saudável.
Segundo Graça Cavalcante, alimentar-se saudavelmente é consumir regularmente e na quantidade ideal os nutrientes essenciais à vida. A alimentação saudável nada mais é que uma alimentação balanceada e rica em nutrientes e vitaminas.

“O que acontece, muitas vezes, é que devido ao dia a dia corrido, a mídia e as facilidades encontradas nos supermercados, como comidas industrializadas, congeladas e pré-fritas, por exemplo, acabamos consumindo em excesso itens pobres em nutrientes e que, além disso, fazem mal à saúde, elevando o colesterol, levando ao acúmulo de gorduras ou favorecendo o envelhecimento precoce, tanto da pele como dos órgãos”, ressaltou a nutricionista.


A estudante Camilla Buldrini lembra que a base da alimentação deve ser a alimentação in natura. Ela destacou ainda que é possível se alimentar bem e de forma mais barata procurando aqueles alimentos mais acessíveis, os sazonais, conhecidos como da época.
“O ideal é utilizar alimentos os mais naturais possíveis. Aqueles industrializados, como biscoitos, salames, mortadelas, macarrões instantâneos, salgadinhos e pipocas de micro-ondas devem ser evitados ao máximo”.

Grupo em aplicativo
O projeto que acompanha nutricionalmente os profissionais, com dicas alimentares, sugestões de dieta e acompanhamento de uma nutricionista, foi estendido para as redes sociais. No evento foi lançado o grupo de receitas e dicas saudáveis para os profissionais, através do aplicativo WhatsApp. Para se inscrever, o servidor deve procurar o setor, no primeiro piso do hospital.


Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger