ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Morte de Domingos Montagner: praia do Rio São Francisco é interditada

Após a morte do ator Domingos Montagner, a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Comunicação e Esportes da Prefeitura de Canindé de São Francisco, em Sergipe, interditou por tempo indeterminado a prainha do Rio São Francisco próxima ao local onde aconteceu o acidente.

A interdição, segundo as autoridades, aconteceu ainda neste sábado, 17. A informação foi passada ao EGO na manhã desta segunda-feira, 19, pelo secretário municipal de Turismo, Cultura, Comunicação e Esportes, Dimas Roque.

"Faixas de interdição foram colocadas na orla e seguranças estão atuando na área para impedir que as pessoas se banhem no Rio São Francisco. Nós decidimos tomar essa decisão até que o local esteja com a sinalização adequada, que sempre existiu lá. Mas, vale lembrar, que o ator não se afogou na Prainha. O ator mergulhou cerca de 300 a 400 metros de distância da areia. Onde os turistas não costumam ir", ressaltou o secretário.

A atitude foi tomada após Antônio Francisco Filho, delegado responsável em investigar a morte do artista, apontar irregularidades na sinalização avisando sobre o risco de afogamento no local. A Prainha de Canindé de São Francisco passou por uma grande obra recentemente, viabilizada pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). Em matéria publicada no site do Governo do Estado de Sergipe, em abril deste ano, é divulgado o investimento no valor de R$ 6,6 milhões.

Montagner, o Santo de "Velho Chico", morreu nesta quinta-feira, 15, após desaparecer no Rio São Francisco. Ele tinha viajado para o Nordeste para gravar cenas da novela, foi tomar um banho de rio e, depois do mergulho, não voltou à superfície. O artista estava junto com a atriz Camila Pitanga, que pediu socorro após o colega ser levado pela correnteza. Deixou três filhos e mulher.

Governo Municipal e Estadual divergem sobre responsabilidade

Ao justificar a ausência de sinalização na última semana, Dimas disse que assim que a obra for passada da administração estadual para a municipal, a sinalização será reinstalada e oito guarda-vidas voltarão a atuar na região. "A Prefeitura de Canindé de São Francisco não pode intervir na obra enquanto ela ainda estiver sob a responsabilidade do Governo do Estado do Sergipe. A prainha ficou interditada por sete meses e foi liberada parcialmente para banho", explicou o representante do poder público.

Depois do secretário municipal dizer que a obra na orla da Prainha ainda está sob a administração estadual, o Governo do Estado mandou uma nota oficial ao EGO negando a responsabilidade pelo local. Em comunicado emitido na tarde desta sexta-feira, 16, a Secretaria de Estado do Turismo e do Esporte de Sergipe diz que realizou uma intervenção na Prainha de Canindé de São Francisco e seus entornos, que já foi concluída e inaugurada no dia 30 de julho de 2016. Agora, o local, segundo a pasta, é de responsabilidade da prefeitura do município.

De acordo com a secretaria, no dia 19 de agosto de 2016, a referida obra foi entregue à administração do município, determinando que, a partir dessa data, "a responsabilidade pela gestão, zelo e manutenção da referida orla e do sistema de esgotamento sanitário passará para a Prefeitura de Canindé de São Francisco".

Ainda segundo o governo estadual, o termo em questão foi assinado pelo poder público municipal e determina que questões de segurança, manutenção e guarda-vidas permanentes devem ser geridas pelo poder municipal. No mesmo comunicado enviado ao EGO, o Governo de Sergipe também lamenta profundamente a morte de Domingos Montagner.


GazetaWeb.com
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger