ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

sábado, 27 de agosto de 2016

Sedetur afirma que o eucalipto é o futuro sustentável de Alagoas


Plantações densas, verdes e abundantes. Substituindo a cana-de-açúcar em regiões de encosta e declive acentuado, a eucaliptocultura em Alagoas já é uma realidade. Por ser uma espécie de rápido crescimento, com o declínio da cultura da cana, a árvore apresenta-se como uma excelente alternativa econômica no Estado.

Os avanços na área de silvicultura, com plantios adensados e de curta rotação, aliados ao aumento na demanda por celulose no Brasil, têm atraído investidores, tornando promissoras as expectativas quanto ao uso do eucalipto para geração de energia. 

A gigante Duratex já tem 6 mil hectares de eucalipto plantados em Alagoas e deverá instalar sua unidade fabril para produção de painéis em MDF e MDP em 2019.  Já o empresário André Toledo, da indústria Paletes de Madeira, domina a cadeia produtiva do eucalipto e possui uma plantação de mais de 1.500 hectares, além de uma indústria de transformação, que utiliza o eucalipto como matéria-prima para a fabricação de paletes e briquetes de madeira. 

“O crescimento do eucalipto em AL é diretamente proporcional à industrialização do Estado. Temos as melhores perspectivas, inclusive de acompanhar à industrialização e o crescimento do Estado como um todo”, afirmou Toledo. 

Para o superintendente de Energia e Mineração da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur), Bruno Sardeiro, o futuro do eucalipto em Alagoas, enquanto fonte de energia renovável, é promissor. 

“Por se tratar de uma fonte de energia renovável limpa e que, além de prevenir a extração de madeira em florestas nativas, é capaz de atender a diversos propósitos energéticos, como a produção de energia térmica e elétrica, o cultivo de eucaliptos em Alagoas dedicados à biomassa se tornou uma alternativa técnica sustentável”, explicou Sardeiro. 

Perfil 
O perfil da eucaliptocultura em Alagoas é caracterizado por plantios jovens em áreas menores que 100 ha, totalizando mais de 10.000 ha, dos quais 70% em áreas de encostas. 

De acordo com um estudo da Universidade de Viçosa (MG), a perspectiva do crescimento médio anual do eucalipto em Alagoas é superior à média brasileira, por possuir clima e solo favoráveis à eucaliptocultura. 

 A maioria dos plantios de eucalipto em Alagoas foi efetuada entre 2013 e 2015 e a perspectiva é de um aumento na área plantada nos próximos anos. No Estado já existe um viveiro de mudas e as variedades mais plantadas são: I 144, AEC 1528, CO 1407 e VC 865.


Agência Alagoas
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger