ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Fapeal chega a 25 auxílios para organização de eventos científicos em 2016


A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) publicou o resultado da terceira chamada de seu edital de auxílio à organização de eventos científicos, na quarta-feira (25).

Desta vez, foram contemplados 11 eventos que, juntos, perfazem uma expectativa de público que ultrapassa as 6 mil pessoas. Entre simpósios e workshops acadêmicos, se destacam duas inciativas: A Caravana Itinerante da Ciência e Tecnologia, que leva sua programação para cidades do interior do Estado e a Expofísica, realizada pelo Instituto de Física da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que atrai jovens e crianças para o ambiente universitário das ciências exatas.

 Esta já é a terceira chamada do edital, que disponibilizou R$ 500 mil para a finalidade. A chamada anterior selecionou doze eventos, com previsão de público acumulado chegando as três mil pessoas.

Incremento

Entre os 25 eventos, está incluída uma ocasião científica de nível internacional (7°Congresso Luso Brasileiro para o Planejamento Urbano, Regional, Integrado e Sustentável - PLURIS 2016); 11 de nível nacional; três de nível regional e oito de nível estadual ou local.

O turismólogo e professor José Rodrigo explica que atualmente o turismo de eventos atrai participantes assinalando as potencialidades de lazer do local onde serão realizados. “É uma venda mista, mostrando um custo benefício atrativo. Por exemplo, a pessoa vem em busca de uma oportunidade de conhecimento, mas dependendo do poder aquisitivo, pode buscar outros atrativos”.

O diferencial dos eventos acadêmicos é o público, cujos perfis tem faixa etária e poder aquisitivo diversificados, indo desde estudantes universitários, passando por profissionais liberais, até pesquisadores com pós-doutorado e décadas de carreira profissional estável em instituições federais.

Sobre isso, o turismólogo Mauro Lima, formado pela Universidade Federal de Pernambuco, acrescenta: “Quanto a ocupação hoteleira, um evento com o perfil acadêmico tem a possibilidade de atingir desde albergues (hosteis) a hoteis de luxo. Mas é importante lembrar que, enquanto atividade econômica, o turismo traz receita tanto para o dono do hotel de luxo quanto para o vendedor de picolé na praia”.

O resultado completo pode ser conferido em http://www.fapeal.br/



Agência Alagoas

 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger