ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colunistas

Em Delmiro

Educação & Oportunidade

Destaques

Diversos

Política

Saúde e Bem Estar

Mundo

Projeto Casca

CASCA – Centro de Ação Social para Crianças e Adolescentes, é uma entidade associativa, sem fins lucrativos, apolítica, composta por pessoas físicas unidas no ideal de fraternidade e consciência social. É uma instituição de Solidariedade.

Faça sua arte com Anderson C. Sandes

Panfletos, cartões de visitas, fachadas, flyers, blogs, logotipos, camisetas e muito mais...

sábado, 1 de outubro de 2016

Polícia desencadeia operação em vários bairros de Delmiro para combater compra de votos

Na tentativa de inibir crimes eleitorais, principalmente a compra de votos. Policias da 24ª – Área Integrada de Segurança Pública (24ª-AISP) em parceria com a Justiça Eleitoral desencadearam uma operação em vários pontos da cidade de Delmiro Gouveia-AL, na noite desta sexta-feira (30) e madrugada deste sábado (1).

Segundo o tenente-coronel Joás Fontes – comandante do 9º – Batalhão de Polícia Militar e o delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti. O juiz eleitoral Dr. Anderson Passos e o Promotor João Batista Filho, designaram que os policiais realizassem várias ações em pontos estratégicos para inibir crimes eleitorais, inclusive os dois magistrados chegaram a participar das ações.

Os policiais realizaram blitz’s nos bairros: Bom Sossego, Pedra Velha, Eldorado, Vila 25, Bairro Novo, Caraibeirinhas, Cohab Nova e Centro.

Durante os trabalhos policiais várias abordagens foram realizadas, pessoas suspeitas foram detidas e conduzidas para Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), porém nenhum deles foi autuado em flagrante.

Os trabalhos continuam neste sábado e domingo. Participam da ação O Juiz Eleitoral, Promotor e militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES-Caatinga), Pelotão de Operações Especiais (PELOPES), Rádio Patrulha (RP), além de Policiais Civis da 1ª regional (DEPOL).

14518798_1221746727877390_2037530257_n14528421_1221746717877391_1423900024_n14536897_1221746711210725_1314768387_o14555564_1221746707877392_1219324367_n

Radar89

Eleições 2016: saiba o que é permitido na hora de votar

No próximo domingo, 02 de outubro, mais de dois milhões de alagoanos irão às urnas para escolher novos prefeitos e vereadores. Para garantir o bom andamento das atividades durante o dia, a legislação eleitoral regulamentou os procedimentos e o eleitor precisa atentar para o que é permitido ou não no dia da eleição.
De acordo com a Resolução 23.456/2015, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da mesa receptora de votos declarará iniciada a votação às 8h. Os mesários e os fiscais de partidos e coligações (munidos de suas respectivas credenciais) deverão votar depois dos eleitores que estejam presentes no momento do início dos trabalhos ou no final da votação.
Terão preferência para votar os candidatos, os juízes eleitorais e seus auxiliares, os servidores da Justiça Eleitoral, os promotores eleitorais, os policiais militares em serviço, os eleitores maiores de sessenta anos, os enfermos, os eleitores com deficiência ou com mobilidade reduzida, as mulheres grávidas, as lactantes e aquelas acompanhadas de crianças de colo. O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) não disponibilizará nenhum tipo de senha preferencial para autoridades e para membros da imprensa.
Para votar, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto que comprove a sua identidade, sendo eles: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação. Certidões de nascimento ou de casamento não serão admitidas como prova de identidade do eleitor no momento da votação.
Equipamentos eletrônicos na cabina de votação: não pode
O eleitor não pode, na cabina de votação, portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamentos de radiocomunicação ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto. Antes de se dirigir ao local onde está a urna eletrônica, o eleitor deve deixar qualquer um desses aparelhos na mesa receptora de votos.
Para auxiliar no momento do voto, os eleitores analfabetos podem utilizar instrumentos que o auxiliem, como as famosas "colinhas". Seu uso deve ser submetido ao presidente da mesa receptora de votos e a Justiça Eleitoral não é obrigada a fornecê-las.
Eleitor com deficiência pode ser auxiliado para votar
O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida, ao votar, poderá ser auxiliado por pessoas de sua confiança, ainda que não o tenha requerido antecipadamente ao juiz eleitoral. Verificando ser imprescindível que este eleitor seja auxiliado no momento de votar, o presidente da mesa autorizará o ingresso da segunda pessoa com o eleitor, na cabina de votação, podendo o mesmo até digitar os números na urna.
A pessoa que auxiliará o eleitor com deficiência não poderá estar a serviço da Justiça Eleitoral, de partidos políticos ou coligações.


GazetaWeb.com

Entidades de professores lançam manifesto contra MP do Ensino Médio

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) divulgaram ontem (30) um manifesto contra a MP do Ensino Médio durante evento na capital paulista, que reuniu profissionais e entidades nacionais e estaduais, além de órgãos do magistério por webconferência.

O manifesto repudia a iniciativa do governo federal de promover, por meio da Medida Provisória 746/2016, uma reforma no Ensino Médio sem que houvesse debate ou consulta à sociedade. A MP reestrutura e flexibiliza o ensino médio no país e foi anunciada pelo governo federal no dia 22.

“Não aceitamos o método autoritário utilizado pelo governo e não concordamos com o conteúdo do projeto encaminhado ao Congresso Nacional em regime de urgência, com a clara intenção de impedir que seja discutido democraticamente”, diz o manifesto.

Segundo o manifesto, a reforma “esvazia e empobrece o currículo, ao descartar a obrigatoriedade de disciplinas fundamentais para a formação de nossos jovens, como artes, educação física, filosofia e sociologia, além de indicar a redução do número de aulas de outras disciplinas, como história e geografia. Também somos contrários à revogação da obrigatoriedade do espanhol no currículo, pois estamos inseridos no contexto da integração latino-americana”.

As entidades discordamos também implementação de tempo integral nas escolas, porque acreditam que isso desconsidera a realidade concreta dos estudantes do ensino médio, pois muitos deles são trabalhadores.

“Tampouco se pode falar em escolas de tempo integral se persistem problemas básicos como a falta de infraestrutura, projetos arquitetônicos anacrônicos [ainda centrados na lousa, giz e apagador], jornada de trabalho estafante e mal estruturada [pois é preciso que sejam dedicados no mínimo 33% da jornada para atividades extraclasse], falta de condições de trabalho, carreira e salários dignos aos profissionais da educação e tantos outros”, acrescentou o documento.

A presidenta da Apeoesp, Maria Izabel Noronha, considera a reforma, nos moldes colocados pelo governo federal, “um ataque à profissão docente, e um ataque à educação pública brasileira”.

“Temos claro o seguinte: de novo está aqui colocada o aprofundamento da dualidade histórica entre as escolas para os filhos e filhas da classe trabalhadora e as escolas para os filhos da elite, que vão sempre poder se dar bem na vida. Essa coisa de que é comum para todos não é verdade, é mínimo para os filhos e filhas da classe trabalhadora e máximo para os da elite para continuarem dominando esse país”, disse Maria Izabel.


Agência Brasil

Ministro da Fazenda prevê queda do desemprego para 2017

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou  sexta-feira (30), que o desemprego "certamente" tende a começar a cair a partir do ano que vem. A declaração foi feita após a divulgação da taxa de desemprego, também nesta sexta, de 11,8% no trimestre encerrado em agosto.

"A expectativa é que sim, no ano que vem. O emprego tem uma certa defasagem em relação à atividade econômica. Quando a atividade começou a dar sinais de arrefecimento já em 2014 o desemprego ainda estava baixo", disse o ministro.

"Com o crescimento da economia, evidentemente a retomada do emprego acontecerá inevitavelmente, não imediatamente. Portanto, acreditamos que durante o ocorrer do ano de 2017, certamente. E com o crescimento acentuado e continuado da economia nos próximos anos aí, de fato, o desemprego vai tender a cair de uma forma consistente. O importante é crescimento sustentável", completou.

O desemprego ficou em 11,8% no trimestre encerrado em agosto e o número de desocupados chegou a 12 milhões, segundo dados divulgados nesta sexta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da maior da série da Pnad, que teve início no primeiro trimestre de 2012.

Questionado se, além da desaceleração do desemprego, a criação de empregos também será retomada em 2017, Meirelles disse que "em algum momento, no decorrer desse processo nos próximos trimestres, vai começar a subir, não tenha dúvida".

O ministro destacou, entretanto, que a situação econômica ainda "é muito séria", que o Brasil "continua em recessão" e que "é prematuro dizer que já começou a recuperação".

Recomendações do FMI

O ministro também comentou as recomendações feitas pelo FMI (Fundo Monetário Internacional). Na quinta-feira (29), o fundo recomendou que o Brasil faça uma revisão do cálculo do salário mínimo e sugeriu que o país lance mão de uma reforma trabalhista, como parte das ações para "recuperar a sustentabilidade fiscal" e "retomar o crescimento".

Sobre a realização de uma reforma trabalhista, que ainda não tem prazo definido nem garantia de que será enviada pelo governo do presidente Michel Temer ao Congresso, Meirelles destacou que o FMI fez uma "recomendação genérica".

"[O FMI] Não diz exatamente como deve ser feita, se é pela Justiça ou se é pelo Congresso", disse ele, lembrando que é possível que não haja seja necessário um projeto de reforma, uma vez que já está tendo um trânsito judicial. "Mas vamos aguardar. O importante é que tem-se que fazer umas modificações visando aumentar a produtividade, a produção, o emprego e a renda de todos os brasileiros", destacou.

Com relação a sugestão do FMI de revisão da fórmula de cálculo do salário mínimo e outros benefícios que são "fonte importante de pressão fiscal", o ministro disse que o assunto será debatido no âmbito das discussões sobre a reforma da Previdência. "Isso é um assunto já colocado na medida que a reforma da Previdência ainda está em discussão", completou.

Meirelles afirmou também que o governo conta com a aprovação ainda este ano da PEC do teto de gastos e que a manutenção da retomada de nível de confiança depende da confirmação desta expectativa.



GazetaWeb.com

Americano pode ter contraído zika através de suor ou lágrimas de pai

Um americano de 38 anos pode ter sido infectado pelo vírus zika através das lágrimas ou do suor do seu pai moribundo, disseram pesquisadores, no que seria o primeiro caso documentado de uma transmissão desse tipo, se for confirmado.

O homem, do estado de Utah, ficou doente depois de ajudar a cuidar do seu pai, de 73 anos, que foi hospitalizado em junho com zika depois de ter sido infectado durante uma viagem ao México.

Foi descartado que o contágio do filho tenha ocorrido pelos métodos de transmissão conhecidos - através da picada de um mosquito infectado ou do contato sexual com uma pessoa infectada -, de acordo com um estudo de caso publicado na quarta-feira no "The New England Journal of Medicine".

Ele havia enxugado as lágrimas do pai e ajudado uma enfermeira a reposicioná-lo na cama sem usar luvas, disse o jornal. Além disso, não teve contato com o sangue de seu pai ou com outros fluidos corporais.

Testes encontraram uma concentração anormalmente elevada do vírus zika no sangue do pai, mais de 100 mil vezes maior do que os níveis encontrados em outros pacientes, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

O alto nível poderia explicar "como o segundo paciente pode ter contraído o vírus pelo contato casual do paciente primário, o primeiro caso documentado deste tipo", segundo um comunicado da Escola de Medicina da Universidade de Utah, onde ambos os pacientes foram tratados.

Os pesquisadores não sabem por que os níveis de zika no sangue do pai eram tão altos, mas especulam que poderia ser porque ele já havia contraído dengue.

Algumas pesquisas sugerem que infecções anteriores pelo vírus da dengue podem piorar uma infecção pelo zika, afirmou o jornal "Washington Post", citando Sankar Swaminathan, especialista em doenças infecciosas da Universidade de Utah.

O pai também havia sido submetido a radioterapia um mês antes devido a um câncer de próstata, e estava recebendo terapia hormonal antiandrógeno, mas não tinha um sistema imunológico comprometido antes de adoecer pelo zika, disse o estudo do caso.

Primeira morte por zika nos EUA

O pai morreu depois de quatro dias no hospital. Trata-se da primeira morte relacionada com o zika nos Estados Unidos.

O filho logo depois ficou doente, apresentando sintomas leves da zika, mas se recuperou após cerca de uma semana.

Na maioria dos casos, a infecção pelo zika passa despercebida ou provoca apenas sintomas leves, como febre e erupção cutânea. O vírus é, porém, particularmente perigoso para mulheres grávidas, visto que pode causar malformações congênitas em fetos em desenvolvimento, como a microcefalia.

"Este caso raro está nos ajudando a entender o espectro completo da doença e as precauções que podemos precisar tomar para evitar a transmissão do vírus de uma pessoa para outra, em situações específicas", disse Swaminathan, em uma nota de imprensa da Universidade de Utah.

"Este tipo de informação poderia nos ajudar a melhorar os tratamentos para o zika, enquanto o vírus continua se espalhando por todo o mundo e dentro de nosso país", acrescentou.


GazetaWeb.com
 
Copyright © 2013 Ferreira Delmiro - Seu blog de notícias e opinião.
Shared by Themes24x7Powered byBlogger